Notícias

06/02/2018 | Venda de veículos cresce 23% em janeiro.

A venda de veículos novos aumentou 23,1% em janeiro de 2018 em comparação com o mesmo período do ano passado, de acordo com o divulgado pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). Ao todo foram emplacados 181.263 veículos novos (somando carros, comerciais leves, caminhões e ônibus) contra 147.200 licenciamentos registrados em janeiro de 2017. Segundo Alarico Assumpção Júnior, presidente da Fenabrave, esse aumento aponta uma melhora no cenário econômico do país se comparado ao mesmo mês no ano anterior. “Acreditamos que, gradualmente, o setor da distribuição de veículos retome seu ritmo normal”, comentou o executivo.

É verdade que os números de janeiro são piores aos registrados em dezembro, mas essa desaceleração no primeiro mês do ano está dentro do previsto. "A queda de janeiro deste ano sobre dezembro de 2017, no geral, pode ser atribuída ao já tradicional comprometimento de renda dos consumidores no início do ano, em função das matrículas e materiais escolares, IPVA, entre outras despesas que refreiam o consumo de veículos neste período”, explica Assumpção Júnior.

Venda de automóveis

Também houve um aumento de mais de 20% também quando olhamos exclusivamente para o mercado de  automóveis e comerciais leve (picapes e furgões). No mês passado, foram licenciadas 175.554 unidades, número 22,3% maior que o registrado em janeiro de 2017. Entre os veículos mais vendidos em janeiro 2018, está o Ford Ka com 7.656 licenciamentos.

Previsões para 2018

Ainda é cedo, mas os concessionários e o setor industrial já estão animados para que 2018 seja um ano de recuperação. A expectativa é de este ano seja possível superar o total de vendas de veículos do ano passado. Vale lembrar que o último ano foi o primeiro a registrar uma alta no número de licenciamentos depois de quatro anos em queda livre. 
A previsão é de que as vendas de automóveis cresçam 12% até o fim deste ano, ultrapassando os 2,5 milhões de veículos automotores emplacados em 2017.

Fonte: Revista Auto Esporte